Meia Maratona de Campinas – 23/03/2014

Conforme comentei no post anterior, participei da Meia Maratona Amil de Campinas. Esse é o segundo ano consecutivo que participo (a prova está na 4ª edição). A Meia de Campinas é uma prova difícil, por conta das variações de altimetria e uma pirambeira pesada no km 19, quando o cansaço acumulado da prova dificulta ainda mais a subida que já é difícil.

Por sorte, a largada foi às 07:00 da manhã. Era um domingo agradável, o céu nublado e temperatura boa para correr (uns 18ºC). Durante a prova o sol apareceu em alguns instantes, mas não chegou a me incomodar… além do mais, a prova é bem organizada e providenciou postos de hidratação a cada 3 kms (no total foram 7 postos, contando com o que havia logo após a linha de chegada). A única ressalva (ou ponto negativo) foi a ausência de isotônicos… em uma prova de 10 kms (a Meia de Campinas permite inscrição nas duas distâncias), ainda vá lá… mas não ter isotônico em uma prova de 21 kms eu acho um erro. Por sorte, eu havia levado um carboidrato em gel (que consumi por volta do km 12), para suprir um pouco de energia.

Como eu já vinha comentando aqui no blog, não treinei adequadamente para essa prova. O começo do ciclo de treinos (8 semanas) até foi bem, eu estava conseguindo treinar com boa frequência e volume. Mas depois, por conta principalmente da minha mudança de empresa/emprego, tive dificuldades em manter a planilha.

Por isso, cheguei para essa prova sem muitas expectativas. Desejava apenas terminar bem e, se possível, com um tempo igual ou não muito acima da minha participação no ano anterior (1h56′).

Para piorar, por volta do km 5 comecei a sentir um incômodo no calcanhar do pé direito. Pelo tipo de incômodo, na hora pensei que deveria ser uma bolha. Ao final da prova, quando tirei o tênis, de fato era uma bolha. Eu até protegi os calcanhares e alguns dedos dos pés com microporo, mas mesmo assim os tênis machucaram (foi a primeira vez que corri uma prova com o Mizuno Wave Prorunner 16, que comprei no início do ano… já havia feito alguns treinos com o tênis, mas ainda não havia corrido uma prova, muito menos uma distância mais longa assim).

No decorrer da prova, conforme fui avançando os kms e registrando meus tempos parciais (tabela abaixo), percebi que talvez eu conseguisse não apenas igualar minha marca anterior, mas provavelmente eu iria baixar meu tempo.

Imagem

E assim aconteceu. Fechei com tempo líquido de 1h49’02”, baixando 7 minutos do meu tempo do ano passado. Classificação: 349º de 1110 participantes no geral masculino. Esse resultado me deixou bastante contente. Mesmo que eu não tenha treinado adequadamente (cumprindo pouco da planilha), mesmo assim consegui ser mais rápido. Talvez seja um reflexo do lastro de treinos acumulados (do ano passado para cá) que, mesmo após um período de baixa intensidade de treinos, ainda me permite manter um certo preparo. E, se mesmo sem estar bem treinado eu consegui baixar meu tempo na Meia de Campinas, quem sabe se eu conseguir retomar os treinos com disciplina eu consiga também baixar meu recorde pessoal na meia (1h40′) e terminar bem minha primeira maratona.

Meia Maratona Amil de Campinas: 23/03/2014 – Pelo registro do meu Garmin, a distância percorrida foi 21,48 kms (e pude confirmar isso com alguns outros colegas que também participaram e mediram a distância com seus GPS – variando de 21,5 a 21,6 kms). Tempo: 1h49’01” (mais de 7 minutos abaixo do meu tempo nessa mesma prova em 2013). Classificação: 349º de 1110 participantes no geral masculino. Frequência média de 178 bpm (93% da FCmax). Ganho de elevação: 233m. Mais detalhes dessa prova pelo Garmin Connect.

Imagem

Imagem

 

Imagem

 

Imagem

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 12 + Meia Maratona de Campinas

Nessa décima segunda semana, a semana da minha primeira prova do ano (Meia Maratona de Campinas), fiz apenas um treino antes da prova.

Treino 23: 17/03/2014 – Treino de ladeiras. No início e no fim desse treino (para chegar até o local, e depois para voltar) fiz cerca de 1 km de ida (aquecimento) + 1 km de volta (desaquecimento), em ritmo leve/moderado (cerca de 10 km/h). A parte principal do treino foram 4 séries de subidas pelo Viaduto Laurão (sendo que na primeira vez eu subi até o final da subida da Aquidabã), para servir de “treino e fortalecimento” para aquela que seria a subida mais forte (por volta do km 19) na Meia de Campinas. No total, foram 5,50 kms em 31’18″ (ritmo/pace de 5’41″/km e velocidade média de 10,5 km/h). Frequência cardíaca média de 149 bpm (78% da FCmax) e pico de 177 bpm (92% da FCmax). Ganho de elevação: 128m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Meia Maratona Amil de Campinas: 23/03/2014 – No próximo post (em breve), publicarei meu relato com maiores detalhes e algumas fotos da minha participação na Meia Maratona Amil de Campinas 2014, no último domingo. Convém ressaltar que, pelo registro do meu Garmin a distância percorrida foi 21,48 kms (e pude confirmar isso com alguns outros colegas que também participaram e mediram a distância com seus GPS – variando de 21,5 a 21,6 kms). Por ora, para adiantar o assunto, informo que consegui fechar a prova em 1h49’01” (mais de 7 minutos abaixo do meu tempo nessa mesma prova em 2013). Considerando minha rotina quebrada e desajustada de treinos nas últimas semanas, fiquei bastante satisfeito com esse resultado. Frequência média de 178 bpm (93% da FCmax). Ganho de elevação: 233m. Mais detalhes dessa prova pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados na semana: 26,98 kms. Ganho de elevação na semana: 361 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 23/03): 260,67 kms. Ganho de elevação acumulado: 2565 m.

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 11

Conforme relatei no post anterior, nas últimas semanas tive uma “quebra” no ritmo de treinos. Não tenho conseguido treinar com a regularidade desejada, nem com o volume necessário!

Pensei que nessa última semana conseguiria regularizar (ou pelo menos melhorar um pouco) a situação, mas continuei na mesma. Nessa décima primeira semana, às vésperas da minha primeira prova do ano (Meia Maratona de Campinas), fiz apenas um treino (ainda na “correria” da transição entre os dois empregos, que se deu de fato nessa semana).

Treino 22: 11/03/2014 – Sai para fazer um treino intervalado de 12 kms, correndo os primeiros 2 kms a 5’30″/km e, se possível, os 10 kms restantes a 5’15″/km. Corri 11,90 kms em 1h03’09″ (ritmo/pace de 5’18″/km e velocidade média de 11,3 km/h), com os seguintes ritmos parciais (por km).

Voltas140311

Frequência cardíaca média de 164 bpm (85% da FCmáx) e pico de frequência de 184 bpm (96% da FCmáx). Ganho de elevação: 89 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados na semana: 11,90 kms. Ganho de elevação na semana: 89 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 16/03): 223,69 kms. Ganho de elevação acumulado: 2204 m.

[Treino 2014] Retrospectivas semanais 9 e 10

Quase um vácuo. Próximo do vazio. Essas são expressões que poderiam muito bem descrever minhas duas últimas semanas no que diz respeito a (falta de) treinamento.

Tenho experimentado um período de expectativas e estímulos (gosto de desafios, principalmente novos) na minha vida profissional. Desde o dia 25/02 estou em processo de “transição”, saindo de uma empresa e indo para outra. E isso significa: trâmites, “leva e traz” de documentação, jornadas de trabalho até mais tarde para encerrar todas as atividades na empresa anterior e não deixar pendências…

Até poderia usar isso como justificativa, mas tudo não passaria de desculpas, de tentativas de autoengano. A verdade é que, por mais que eu tenha estado (muito) ocupado, eu poderia sim ter arrumado um tempo para correr. Mas não o fiz, e essas duas semanas (9 e 10) passaram praticamente em branco. Foi apenas um treino (bem “sem vergonha”, de pouca rodagem e sem seguir o que estava previsto na planilha), em plena terça-feira de Carnaval.

Treino 21: 04/03/2014 – Estava passando o Carnaval em Itaúna/MG. A longa ausência de treinos estava me incomodando muito. Mesmo com calor bravo, sai por volta de 11:45 da casa dos meus sogros e fui correndo até o sítio onde a família se reuniria. Corri 6,73 kms em 33’41″ (ritmo/pace de 5’00″/km e velocidade média de 12 km/h). Corri sem o frequencímetro, não foi possível registrar frequência cardíaca. Ganho de elevação: 22 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados nas semanas 9 e 10: 6,73 kms. Ganho de elevação na semana: 22 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 09/03): 211,79 kms. Ganho de elevação acumulado: 2115 m.

***

Essa interrupção imprevista (por deficiência minha) provavelmente comprometerá a sequência de treinos para minha primeira prova do ano (Meia Maratona de Campinas, em 23/03). Menos mal que essa primeira prova é apenas um estímulo inicial para retomar os treinos com frequência e preparar a base para o restante do ano.

Minha esperança e meus esforços serão para que a partir dessa próxima semana eu retome pelo menos os 3 treinos planejados.  E, apesar de tudo, ainda tentarei baixar meu tempo do ano passado, quando estreei na Meia de Campinas (1h56’15”).

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 8

Essa 8ª semana de treinos de 2014 (17/02 a 23/02) corresponde à 4ª semana de treinos mais específicos para a Meia Maratona de Campinas. Foram 4 treinos de corrida (1 intervalado + 1 ritmo + 1 rodagem/longo + 1 rodagem leve).

Treino 17: 18/02/2014 – O planejado era um treino intervalado, composto de 3 partes: 1) 2 kms a 6’/km; 2) 8 séries de 800m a 4’20″/km (com 1’30” de intervalo); 3) 1 km a 6’15″/km. Na parte 1 corri 2 kms em 11’37” (pace de 5’48″/km). Na parte 2, por questão de (falta de) tempo, fiz 6 séries de 800m em 20’24” (4’15″/km e velocidade média de 14,12 km/h – na última série, achei que eu tivesse parado o cronômetro, mas ele continuou rodando até 22’04”, quando percebi e parei). A parte 3 eu corri sem acionar o Garmin, mas foi aproximadamente 1 km em 6′. No total, foram 7,8 kms rodados.

Treino 18: 20/02/2014 – Treino de ritmo planejado para 10 kms em ritmo de 5’10″/km. Corri 10,5 kms em 53’31” (pace/ritmo médio de 5’06″/km e velocidade média de 11,8 km/h). Frequência cardíaca média de 161 bpm (84% da FCmáx) e pico de 185 bpm (96% da FCmáx). Ganho de elevação: 77 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 19: 22/02/2014 – Treino longo/rodagem planejado para correr 16 kms em ritmo de 5’30″/km. Corri 16,02 kms em 1h29’30” (ritmo/pace de 5’35″/km e velocidade média de 10,7 km/h). O ritmo médio (5’35″/km) do meu treino foi um pouco acima do planejado, eu me senti um pouco cansado e estava calor (uns 25ºC). Ainda bem que levei uma garrafinha de água a mais no cinto de hidratação, porque realmente senti necessidade. Frequência cardíaca média de 163 bpm (85% da FCmáx) e pico de 179 bpm (93% da FCmáx). Ganho de elevação: 133 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 20: 23/02/2014 – Esse quarto treino da semana não estava planejado/planilhado. Sai para treinar com a intenção de correr cerca de 10 kms em ritmo bem leve. Corri 9,92 kms em 1h01’34” (ritmo/pace de 6’13″/km e velocidade média de 9,7 km/h). Fazia bastante calor (uns 30ºC) e sai sem cinto de hidratação. A partir do km 6,5 enfrentei uma subida longa e relativamente inclinada. Frequência cardíaca média de 137 bpm (71% da FCmáx) e pico de 164 bpm (85% da FCmáx). Ganho de elevação: 124 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados na semana: 44,24 kms. Ganho de elevação na semana: 334 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 23/02): 205,06 kms. Ganho de elevação acumulado: 2093 m.

[Treino 2014] Retrospectivas semanais 5, 6 e 7

Fiquei um bom período (3 semanas) sem conseguir me dedicar à atualização do blog. E foi justamente nesse período (3 semanas) que comecei a preparação para a minha próxima prova-alvo, a Meia Maratona de Campinas.

A prova será no dia 23 de março, e nesse momento restam 5 semanas. Meu maior objetivo para essa prova é começar o ano correndo essa distância (21 kms), tendo em vista uma preparação para meu objetivo principal, que é estrear em Maratonas (ainda não defini qual, preciso fazer isso até por questão de planejamento do calendário). E, se possível, fazer uma marca melhor do que minha marca nessa mesma prova em 2013, quem sabe com um sub 1h50′. (Apesar de eu já ter feito 1h40′ na Golden Four, a Meia de Campinas é bem diferente: mais lenta, mais quente, com dois trechos de subida forte… e, além do mais, estou tentando retomar meu melhor condicionamento, que foi justamente durante a Golden Four em 2013).

A seguir, segue um relato dessas 3 primeiras semanas (semanas 5, 6 e 7) de preparação para a Meia de Campinas.

***

Semana 5 (27/01 a 02/02): Foram 2 treinos de corrida (era para ter sido pelo menos 3: 1 intervalado + 1 ritmo + 1 rodagem/longo).

Treino 10: 28/01/2014 – Primeiro treino para ciclo de treinamento para a Meia Maratona de Campinas. Treino intervalado na esteira da academia, esqueci o frequencímetro. No total foram 9 kms em 44’30”, distribuídos da seguinte maneira: 10′ a 10,9 km/h (5’30″/km) + 3 séries: 2 kms a 13,85 km/h (4’20″/km) e descanso ativo correndo 400 m a 10 km/h (6’00″/km) + 10′ trote.

(Faltei/pulei o treino de ritmo, que era para correr 10 kms, sendo: 3 km a 5’30″/km + 5 km a 5’10″/km + 2 km a 5’40″/km).

Treino 11: 01/02/2014 – O planejado era um treino (rodagem/longo) de 14 kms a 5’30″/km, para encerrar a 1ª semana de treinos para a Meia Maratona. O que saiu foram 13 kms em 1h12’06” (ritmo/pace médio de 5’33″/km, velocidade média 10,8 km/h). Calor barra pesada em Campinas/SP (uns 35ºC), sendo que o último km (12 ao 13) era em subida forte e íngreme (ganho de elevação de 80 metros nesse último km, já bem cansado – não por acaso, foi meu pior tempo: 7’29″/km). Frequência cardíaca média de 172 bpm (90% da FCmáx) e pico de 186 bpm (97% da FCmáx). Ganho de elevação: 159 m. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados na semana: 22 kms. Ganho de elevação na semana: 159 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 02/02): 107,21 kms. Ganho de elevação acumulado: 1481 m.

***

Semana 6 (03/02 a 09/02): Foram 3 treinos de corrida:

Treino 12: 05/02/2014 – Treino intervalado, realizado no Parque Taquaral em Campinas/SP (noite, temperatura cerca de 27ºC). O treino planejado/planilha dividia-se em 3 partes: 2 kms a 6’/km + 10 séries/tiros de 400 m a 4’20″/km com 1’30” de intervalo entre cada série + 2 km a 6’10″/km. O que eu realizei foi: A primeira parte (aquecimento) foram 2,5 kms em 14’03” (ritmo/pace 5’37″/km). A segunda parte foram 10 séries: 400m em 15’59” (ritmo/pace de 4’00″/km) + 1’30” a 2″ de intervalo ativo (caminhando). A terceira parte foram 2 kms em 11’22” (ritmo/pace 5’42″/km). No total, foram 8,5 kms em pouco mais de 41 minutos. Durante as séries rápidas, a frequência cardíaca média ficou em 162 bpm (84% da FCmáx).

Treino 13: 08/02/2014 – O treino (ritmo) planejado/planilhado eram 10 kms, sendo 2 km a 5’30″/km, 7 km a 5’15″/km e 1 km a 5’00″/km (treino ritmo). O que realizei foram 9,71 km em 50’45” (ritmo/pace 5’14″/km), com a seguinte distribuição/variação em cada km:

Voltas140208

Aparentemente, consegui controlar relativamente bem os ritmos em cada km. Ganho de elevação: 65 m. Frequência cardíaca média 168 bpm (88% da FCmáx).  Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 14: 09/02/2014 – O treino planejado/planilha era para fazer 16 kms em 5’40″/km. O resultado foram 16 kms em 1h29’54” (ritmo/pace médio de 5’37″/km, velocidade média de 10,7 km/h) . Ganho de elevação: 133 m. Frequência cardíaca média de 163 bpm (85% da FCmáx). Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Total de kms rodados na semana: 34,21 kms. Ganho de elevação na semana: 198 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 09/02): 141,42 kms. Ganho de elevação acumulado: 1679 m.

***

Semana 7 (10/02 a 16/02): Foram 2 treinos de corrida (era para ter sido pelo menos 3: 1 intervalado + 1 ritmo + 1 rodagem/longo).

Treino 15: 11/02/2014 – O planejado era um treino intervalado, sendo 10′ de aquecimento + 4 séries de 1,5 km a 4’40″/km com 2′ de intervalo, fechando com 10′ de trote. Mas eu me esqueci de colocar o Garmin (e só reparei nisso no momento em que ia iniciar o treino). Por isso, não foi possível medir o ritmo/velocidade das séries. O que saiu foram 2 kms de aquecimento + 4 séries de 1,5 km em alto nível de esforço (estimo que foi entre 4′ e 4’20″/km) e intervalo ativo (caminhando entre 200 e 300 metros entre cada série) + 1 km para encerrar. No total foram 9 kms (sem contar os trechos de caminhada, no intervalo ativo).

Treino 16: 15/02/2014 – Treino de ritmo pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul, até próximo ao Taquaral, em Campinas/SP (temperatura agradável, cerca de 20ºC). O treino (ritmo) planejado/planilha eram 10 kms, sendo 2 kms a 5’30″/km + 7 kms a 5’15″/km + 1 km a 5’00″/km. O que realizei foram 10,4 kms em 52’01” (pace/ritmo de 5’00″/km) distribuídos da seguinte maneira:

Voltas140215

Os 4 primeiros kms foram totalmente “fora de ritmo” (batidas fora do bumbo), em que corri bem abaixo do que era planejado. Eu percebi que estava bem distraído, vários estímulos externos tirando minha atenção e, quando percebi, estava correndo muito além do planejado (foi quando percebi que ia fechar o km 4 em 4’29″/km). Aí tentei ajustar e o restante do treino foi um pouco mais próximo dos ritmos/paces planejados. Ganho de elevação: 80 m. Frequência cardíaca média em 160 bpm (83% da FCmáx). Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

(Faltei/pulei o treino de rodagem/longo, que era para correr 18 kms, sendo: 12 km a 5’40″/km + 6 km a 5’15″/km).

Total de kms rodados na semana: 19,4 kms. Ganho de elevação na semana: 80 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 16/02): 160,82 kms. Ganho de elevação acumulado: 1759 m.

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 4

Na quarta semana de treinos do ano (20/01 a 26/01), fiz 3 treinos de corrida:

Treino 7: 23/01/2014 – Treino matinal (6:15 às 6:50) pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul (ida e volta) em Campinas/SP (antes do sol nascer, cerca de 21ºC). Foram 7 kms em h35’01″ (ritmo/pace 5’00″/km e velocidade média 12 km/h ). Ganho de elevação: 32 m (percurso “plano”). Esqueci de colocar o frequencímetro. Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 8: 25/01/2014 – Treino matinal (9:15 às 10:40) pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul, Praça Arautos da Paz e Lagoa do Taquaral em Campinas/SP (sol, cerca de 25ºC). Foram 16 kms em 1h24’18″ (ritmo/pace 5’16″/km e velocidade média 11,4 km/h ). Ganho de elevação: 181 m. Frequência cardíaca média de 169 bpm (88% da FCmáx) e pico de 181 bpm (94% da FCmáx). Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect. Nesse treino, estreei um tênis novo: Mizuno Wave Prorunner 16.

Treino 9: 26/01/2014 – Treino matinal (10:50 às 12:00) pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul e Praça Arautos da Paz em Campinas/SP (solzão, cerca de 30ºC), ida e volta. Foram 12 kms em 1h07’26″ (ritmo/pace 5’37″/km e velocidade média 10,7 km/h ). Ganho de elevação: 123 m. Frequência cardíaca média de 158 bpm (82% da FCmáx) e pico de 181 bpm (94% da FCmáx). Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.  Mizuno Wave Prorunner 16.

***

Total de kms rodados na semana: 35 kms. Ganho de elevação na semana: 336 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 26/01): 85,21 kms. Ganho de elevação acumulado: 1322 m.

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 3

Terceira semana de treino em janeiro (13/01 a 19/01), já de volta a Campinas após as férias. Foram 2 treinos de corrida:

Treino 5: 16/01/2014 – Treino noturno (18:55 às 20:00) pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul e Praça Arautos da Paz em Campinas/SP (apesar do horário, fazia calor, cerca de 25ºC), ida e volta. Foram 12 kms em 1h03’28″ (ritmo/pace 5’19″/km e velocidade média 11,3 km/h ). Ganho de elevação: 127 m. Frequência cardíaca média de 156 bpm (81% da FCmáx) e pico de 201 bpm (105% da FCmáx). Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 6: 19/01/2014 – Treino matinal (9:45 às 10:50) pelas Avenidas Princesa D’Oeste e Norte-Sul e Praça Arautos da Paz em Campinas/SP (sol, cerca de 25ºC), ida e volta (praticamente o mesmo percurso do treino anterior). Foram 12,15 kms em 1h05’48″ (ritmo/pace 5’25″/km e velocidade média 11,1 km/h ). Ganho de elevação: 128 m. Frequência cardíaca média de 164 bpm (85% da FCmáx) e pico de 183 bpm (95% da FCmáx). Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

***

Total de kms rodados na semana: 24,15 kms. Ganho de elevação na semana: 255 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 19/01): 50,21 kms. Ganho de elevação acumulado: 986 m.

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 2

Na segunda semana de treino em janeiro (06/01 a 12/01), eu ainda estava em férias e por isso os treinos não foram em Campinas. Para mim foi positivo estar em duas cidades com muitos morros (Serra Negra / SP e Itaúna / MG), pois assim pude treinar bastante desnível.

Treino 2: 07/01/2014 – Sai da pousada por volta de 18:10 e corri até o Morro do Cristo Redentor em Serra Negra / SP (nesse dia fazia sol e calor na casa dos 30ºC), ida e volta. Foram 9,12 kms em 58’28″ (ritmo/pace 6’25″/km e velocidade média 9,4 km/h ). Para quem não conhece Serra Negra / SP e o morro do Cristo, eu lhes digo que é um excelente treino de subida, pois trata-se de um aclive com cerca de 1,2 km de extensão, e bem inclinado. Ao chegar no topo, ainda há uma escadaria de 80 degraus (para fechar a subida com chave de ouro, tomei fôlego e também subi correndo a escadaria). Ganho de elevação: 362 m. Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Elevacao-Treino2-2014

Treino 3: 11/01/2014 – Nesse dia, eu já estava em Itaúna/MG, que também conta com excelentes trajetos para treinar trilha e morros. Combinei de treinar com meu cunhado Glayco, que conhece várias trilhas nas redondezas. Ele sugeriu que treinássemos perto da sua casa, em uma trilha com boas subidas e descidas. Saímos para treinar por volta de 10:50 e fazia calor (mais de 25ºC). Corremos aproximadamente 1 km em asfalto, até começar a trilha e os morros. Logo de início enfrentamos uma subida longa de morro, que ora inclinava mais, ora se tornava mais leve. Por volta do km 2 iniciava uma descida longa e técnica, cheia de pedras, valas, raízes de árvores e imperfeições no solo. Por conhecer melhor o terreno, meu cunhado ia na frente e eu logo em seguida. Estávamos descendo em bom ritmo, quando meu cunhado torceu o pé e tomou um tombo feio. Como médico, ele já percebeu que não seria possível continuar. Resolvemos voltar pelo caminho que havíamos feito até então. O problema é que a longa subida do início se tornou uma longa descida, o que dificultava a locomoção do meu cunhado. Improvisei um cajado e em muitos trechos “emprestei” meu ombro para que meu cunhado se apoiasse. Ao chegarmos novamente no asfalto, voltei correndo até o ponto em que deixamos o carro e fui resgatá-lo. No total de “corrida útil” foram 2,04 kms em 14’22″ (ritmo/pace 7’02″/km e velocidade média 8,5 km/h ). Ganho de elevação: 106m. Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

Treino 4: 12/01/2014 – Como fui treinar sozinho e não conheço bem as trilhas, resolvi treinar em um trajeto conhecido. Sai da casa dos meus sogros (12:20) e corri até a Pousada Granja Glória em Itaúna/MG (nesse dia fazia sol e calor na casa dos 30ºC). Foram 7,50 kms em 37’24″ (ritmo/pace 4’59″/km e velocidade média 12 km/h ). Ganho de elevação: 40m. Veja mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

***

Total de kms rodados na semana: 18,66 kms. Ganho de elevação na semana: 508 m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 12/01): 26,06 kms. Ganho de elevação acumulado: 731 m.

[Treino 2014] Retrospectiva semanal 1

Apesar de estar em férias, resolvi aproveitar a geografia do local e fazer um treino nessa primeira semana do ano (01 a 05/01). Nesse momento, voltei de viagem da casa dos sogros (em Itaúna, nas montanhas de Minas) e estou passando uns dias numa pousada rural muito bacana (também embrenhado em morros, dessa vez em Serra Negra / SP). Após um “reconhecimento do local”, percebi que havia possibilidade de fazer um treino bacana com subidas e descidas.

Treino 1: 05/01/2014 – Treino (17:10 às 17:55) pelo entorno da pousada em Serra Negra / SP (temperatura cerca de 25ºC, com sol). Foram 7,4 kms em 43’54” (ritmo/pace 5’56″/km e velocidade média 10,1 km/h ). Esqueci de colocar o cinto do frequencímetro (mas, na verdade foi até melhor subir os morros apenas na “sensação do esforço”, sem neura de batimentos cardíacos). O ponto positivo desse treino foi um trecho de quase 1 km subindo um morro de inclinação respeitável. Mais detalhes desse treino pelo Garmin Connect.

***

Total de kms rodados na semana: 7,4 kms. Ganho de elevação na semana: 223m.
Total de kms rodados em 2014 (geral, até 05/01): 7,4 kms. Ganho de elevação acumulado em 2014: 223m.

***

Aproveito a ocasião para desejar a todos os leitores e companheiros do blog um Feliz 2014, com muitas conquistas, aprendizados, superações e quilometragens!